Conheça os 5 hotéis mais incomuns do mundo

Quando planejamos uma viagem, o lugar onde nos hospedamos é parte essencial para que a experiência seja repleta de momentos bem vividos. Ainda mais quando a escolha é por um dos hotéis mais incomuns do mundo, que proporcionam vivências únicas e inesquecíveis.

Neste post, vamos mostrar para você 5 hotéis de tirar o fôlego. Com certeza, eles conseguem marcar para sempre a vida de seus hóspedes. Confira nossa seleção!

1. Hotel Kakslauttanen, Finlândia

O hotel localizado na terra do Papai Noel aloja seus clientes em quartos que levam a forma de iglus. Eles têm o teto de vidro, para que os hóspedes possam observar a aurora boreal no conforto de suas camas, com o aquecedor ligado, já que a temperatura por lá alcança 40°C negativos. Se você acha que o vidro pode embaçar, está enganado. Eles são feitos de um material anti-orvalho, de modo a oferecer toda nitidez para ver essa beleza da natureza.

2. Giraffe Manor, Quênia

Esse hotel, que fica a meia hora do centro de Nairóbi, é situado em um casarão da década de 30. São apenas 10 suítes, mas ao seu redor estão 140 acres de um santuário florestal. Por lá, você poderá conviver com girafas da raça Rothschild, antílopes, javalis e outros bichos africanos. Já imaginou tomar café da manhã e se deparar com o pescoço de uma das girafas entrando pela janela? É esse tipo de experiência única que os clientes vivem no Giraffe Manor.

3. Katikies Hotel-Oia, Grécia

O hotel boutique Katikies já ganhou várias premiações pelo seu serviço impecável, clima aconchegante, ambiente luxuoso e pelo cenário incrível onde está situado. A estrutura fica em cima de um penhasco. O fato de ser tudo branco, com decoração minimalista e extremamente elegante, com vista para o Mar Egeu, agrada os olhos de qualquer turista. Cada um dos 34 quartos tem seu próprio mordomo e alguns deles contam até com uma varanda com jacuzzi no terraço.

4. Attrap Reves, França

A rede de hotéis Attrap’ Rêves inovou ao transformar seus quartos em bolhas enormes ao redor da França. A ideia é deixar os visitantes em contato com a natureza de uma maneira ousada e muito diferenciada. Mas será que construir suítes de plástico combina com sustentabilidade? O hotel garante que o material é de fácil reciclagem. Além do mais, as bolhas desmontam facilmente, sem impacto para a condição do terreno.

5. Hotel Ristorante Grotta Palazzese Polignano a Mare, Itália

Esse hotel está localizado na cidade de Polignano a Mare, que é constituída por várias rochas e cavernas. Inclusive, o Grotta Palazzese fica dentro de uma dessas cavernas, que leva o mesmo nome do estabelecimento. A vista de tirar o fôlego fica por conta do fato dele estar a mais de 20 metros acima do nível do mar. Quem se hospeda por lá, tem a chance de jantar olhando para o mar Adriático nesse belíssimo restaurante.

Agora que você já conferiu os 5 hotéis mais incomuns do mundo, continue sua leitura e Conheça os melhores hotéis românticos do mundo.

Sustentabilidade no setor hoteleiro: a importância de preservar recursos naturais

Qualquer ação que tenha como objetivo preservar o meio ambiente, para que não faltem recursos naturais às futuras gerações, é considerada uma prática sustentável. Trata-se de um ciclo virtuoso que impacta diretamente nosso ecossistema, passando pelo consumo consciente dos elementos da natureza e pela responsabilidade social. Mas, será que os viajantes realmente se importam com a sustentabilidade no setor hoteleiro?

Pesquisas mostram que isso faz sim diferença na hora de um hóspede escolher a acomodação da sua próxima viagem no Brasil e no mundo. Os clientes querem gastar seu dinheiro com empresas que estejam alinhadas às práticas sustentáveis.

Internacionalmente, o mercado de hotelaria já adota ações sustentáveis há algum tempo. Por aqui, a mudança de mentalidade das práticas operacionais hoteleiras ainda é recente, mas a transformação está acontecendo.

O que pensam os viajantes internacionais sobre a sustentabilidade hoteleira

Uma pesquisa feita pelo the Independent Hotel Show junto aos consumidores europeus mostrou como eles pensam quando o assunto é consciência ambiental em hotéis. Dois mil viajantes com idade entre 26 e 66 anos responderam ao estudo, sendo que 75% moram no Reino Unido e mais da metade são mulheres.

Vejamos quais foram as principais informações obtidas nessa análise:

  • 75% valorizam e preferem utilizar produtos locais nos hotéis;
  • 78% gostariam de ver mobílias feitas a partir do reaproveitamento de materiais nos quartos;
  • 88% dos clientes não acham necessário trocar os lençóis todos os dias e não se importam em dormir com a mesma roupa de cama durante a sua estadia;
  • 73% não acreditam que disponibilizar objetos reutilizáveis, como filtros ao invés de garrafas de água, deixam um hotel boutique com cara de “econômico”.

O relatório é a base de apoio para a instalação chamada The Conscious Bedroom, com a proposta de apresentar a ideia do que realmente constitui um quarto de hotel ecologicamente consciente. Em 2019, o projeto foi criado pelo estúdio de design de interiores e de produtos para o mercado de luxo Harris & Harris.

Os brasileiros estão cada vez mais sustentáveis e conscientes

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (Cebds) e a agência global Havas foram responsáveis por desenvolver um estudo no Rio de Janeiro que mostrou números interessantes quanto ao comportamento de consumo dos brasileiros.

85% da população considera que devemos consumir melhor e não consumir mais. Ou seja, o consumo consciente está em alta no cenário doméstico, já que a média global gira em torno de 78%.

A mesma pesquisa revelou também que 75% acham que consumir exageradamente prejudica nosso planeta e a nossa sociedade, número também acima da média mundial, que ficou em 70%. Quando perguntados se eles se preocupam com as mudanças climáticas e com a destruição do meio ambiente, 57% afirmaram que sim.

O diagnóstico da consultoria internacional Nielsen obtido no estudo “Estilos de Vida 2019” mostrou que 42% dos brasileiros vêm modificando seus hábitos de compra. O objetivo é diminuir o impacto do seu consumo ao meio ambiente.

Então, podemos afirmar que a sustentabilidade no setor hoteleiro é altamente relevante para viajantes do Brasil e do mundo. A gestão do Ilha de Toque Toque tem um compromisso com o que é ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito.

Inclusive, já somos o 1º Hotel Lixo Zero do Brasil!

Hotel ou Airbnb? Listamos 6 razões do porquê você deve optar por um Hotel Boutique!

Hoje em dia, na hora de planejar uma viagem, é muito comum que as pessoas fiquem em dúvida de onde se hospedar: Hotel ou Airbnb? É verdade que existem casas de luxo para locação nessa e em outras plataformas digitais, mas será que a experiência é a mesma de ficar em um Hotel Boutique?

Muitos viajantes acreditam que uma casa alugada, por mais luxuosa que seja, jamais entrega todos os serviços que fazem de um Hotel a hospedagem ideal para quem quer relaxar e curtir cada momento do seu getaway.

Conheça alguns dos benefícios que só um hotel tem a oferecer para seus hóspedes.

1. Serviço de Limpeza

A grande magia de viajar é justamente fugir da vida comum do dia a dia. Apesar das acomodações locadas pelo Airbnb parecerem todas lindas nas redes sociais, somente um hotel te proporciona verdadeiras férias da sua rotina.

Uma casa alugada não oferecerá serviço de limpeza aos seus hóspedes. Dentro de um hotel, ninguém te pede para lavar a louça, tirar o lixo, arrumar a cama ou colocar as toalhas na máquina antes de sair.

Muito pelo contrário! Você usufrui dos melhores lençóis sem ter que pensar em esticá-los ao acordar e das toalhas limpas sem ter que lavá-las.

2. Funcionários ao seu dispor

Seja um problema com o wifi ou o pedido de um travesseiro extra, em um Hotel Boutique você sempre encontrará profissionais qualificados e prontos para atendê-lo a qualquer momento. Imagina estar em um apartamento alugado pelo Airbnb e o chuveiro quebrar? Quem vai consertar isso para você?

No hotel, você pode chamar os funcionários para solicitar desde carregadores de celular, caso você tenha esquecido o seu, até para pedir recomendações de bons restaurantes locais. Cada um dos colaboradores de um hotel de luxo sempre estarão ao seu dispor com um sorriso no rosto.

Afinal de contas, o trabalho de toda a equipe é transformar a sua estadia em uma experiência inesquecível.

3. Segurança

Um hotel conta com dispositivos de segurança que dificilmente uma casa alugada oferecerá. Isso vale desde cofres que cabem notebooks até as câmeras de segurança e vigias noturnos. Você sempre se sentirá seguro dentro de um Hotel Boutique.

4. Amenities

É tudo o que o hotel disponibiliza para tornar a estadia dos seus hóspedes ainda mais especial. Normalmente, as amenities de um Hotel com a proposta luxo pé na areia inclui arrumação da suíte, wifi gratuito, piscina, sauna, serviço de praia, restaurante privativo, estacionamento e um kit de cosméticos de fornecedores renomados.

5. Noites bem dormidas

Quem vai viajar, quer chegar no seu destino e encontrar uma cama confortável, com travesseiros cheirosos e um clima acolhedor. Um apartamento alugado no Airbnb jamais proporcionará a mesma qualidade de uma noite bem dormida como um Hotel Boutique. E olha que ainda nem entramos na questão do café da manhã quando você acordar!

6. Refeições

Depois daquela noite de sono incrível, os hóspedes de um Hotel Boutique estarão descansados e prontos para desfrutar de um café da manhã impecável, que pode até ser lavado à sua suíte. E o jantar será no restaurante agradável, com gastronomia gourmet que agrada aos paladares mais refinados. Enquanto isso, quem preferiu alugar acomodação pelo Airbnb precisará ir até o mercado fazer suas compras.

Depois dessa leitura, quando alguém te perguntar se você prefere um Hotel ou Airbnb, já não precisa nem pensar para responder, certo?

Agora, conheça 4 dicas de como encontrar hotéis diferentes para se hospedar

6 regras para você fazer uma viagem de casal bem-sucedida

Viajar sozinho ou com os amigos é uma experiência muito legal. Mas dividir momentos com quem você ama, conhecendo novos lugares, também é incrível. Só é preciso tomar alguns cuidados para que a sua viagem de casal seja bem-sucedida.

Afinal de contas, existem muitos casais que têm personalidades bem diferentes. É aquela história dos opostos que se atraem, sabe? Enquanto um quer visitar o museu, o outro prefere ir ao festival de música. Então, como fazer para essa viagem a dois dar certo?

Leia este post e confira as dicas que separamos para você!

1. Planeje

Essa é a primeira regra para sua viagem em casal dar certo. Algumas pessoas adoram planejar as coisas, mas outras detestam essa etapa. O fato é que se vocês se empenharem no planejamento, a chance de terem boas lembranças da viagem é muito maior, pode acreditar.

Para viagens em feriados prolongados, como o tempo é curto, listem uma coisa que cada um de vocês quer muito fazer. Se escolherem o mesmo passeio, façam isso novamente, para terem duas atrações. Já para viagens mais longas, sigam essa dinâmica de acordo com os dias disponíveis.

Então, durante a viagem, comecem fazendo o que for de interesse comum entre vocês. Depois, decidam se querem curtir a companhia do outro o tempo todo ou se preferem realizar algumas atividades separadamente.

2. Tire fotos de vocês dois

É bem comum tirarmos fotos de monumentos, animais, praias, cachoeiras, mas esquecermos de tirar uma foto em casal. Não importa se a foto ficou bonita ou feia, pois o objetivo é ter uma imagem para lembrar da viagem a dois. Vocês podem optar por uma selfie ou pedir para alguém bater a foto.

3. Faça boas refeições

Tire o pé do acelerador e curta a companhia do seu amor. Encontre algum lugar onde vocês possam sentar e degustar a culinária local. Não precisa ser um restaurante com estrelas do Guia Michelin, mas sim um espaço tranquilo para vocês conhecerem os pratos típicos da região. A dica aqui é perguntar para algum morador da cidade onde eles costumam sair para comer. Esse tipo de indicação costuma ser a melhor de todas.

4. Explore

Normalmente, os lugares mais interessantes e autênticos são encontrados quando estamos abertos a descobrir o que o destino visitado tem de diferente. Como falamos, o planejamento da viagem a dois é importante, porque quando as coisas são combinadas com antecedência, muitas brigas são evitadas.

Mas é preciso ter equilíbrio na vida. Logo, reserve uma parte da viagem para vocês esquecerem os mapas e guias. Saiam caminhando (ou dirigindo) e descubram o que o inesperado pode trazer como experiências que ficarão guardadas na memória.

6. Comunicação e Renúncia

A comunicação é a base de qualquer relacionamento saudável. É sempre melhor falar a mais do que a menos para deixar claro o que você quer e espera do outro e da viagem em si. Afinal, nada pior do que ter alguém de cara fechada do seu lado e você não entender a razão.

Saber renunciar e ceder é tão importante quanto comunicar-se bem. As pessoas são diferentes e é impossível dois seres humanos concordarem em tudo. Então, seja para visitar um ponto turístico, para jantar ou para decidir o destino da viagem, saiba abrir mão das suas vontades um pouco.

Por fim, a última dica é não esquecer de que o propósito da viagem de casal é fortalecer o relacionamento de vocês. Portanto, foquem em dar carinho e amor um para o outro nesses dias de relaxamento a dois.

Lembre-se que a hospedagem é a parte mais importante das suas férias. Leia este post e conheça 4 dicas de como encontrar hotéis diferentes para se hospedar

Porque o Ilha de Toque Toque será o 1º Hotel Lixo Zero do Brasil

O Ilha de Toque Toque Boutique Hotel & Spa já é conhecido como um dos melhores hotéis românticos do Brasil, possui selos de qualidade do TripAdvisor há 5 anos consecutivos, fora todas as outras premiações relevantes do mercado hoteleiro. Mas, o nosso estilo de gestão vai além da excelência no atendimento. Temos consciência quanto ao nosso papel para conservar a natureza. Por isso, vamos nos tornar o 1º Hotel Lixo Zero do Brasil.

Respeitar a limitação dos recursos naturais é responsabilidade de todos nós. Dessa forma, conseguimos ser parte da criação de uma nova mentalidade empresarial, em que o equilíbrio ambiental está aliado à viabilidade econômica.

Saiba o que estamos fazendo para reduzirmos a emissão de lixo do nosso Boutique Hotel em até 90%.

O que significa ser um Hotel Lixo Zero?

Todos os dias, cada um de nós produz um monte de resíduos, tanto orgânicos como recicláveis. Isso inclui, por exemplo, os restos de alimentos da cozinha e as embalagens dos produtos que usamos. Dentro de um hotel, isso é um processo amplificado.

Ser um Hotel Lixo Zero representa um compromisso em modelar todos os nossos processos e rotinas operacionais para que estejam enquadrados dentro de um conceito ético, econômico, eficiente e visionário, com foco na preservação do meio ambiente.

Quais foram as mudanças “Lixo Zero” implementadas no Ilha de Toque Toque?

O primeiro passo que demos foi a contratação de uma consultoria Lixo Zero, composta por especialistas em gestão de resíduos certificadas internacionalmente pelo Instituto Lixo Zero Brasil. O ILZB é a única organização brasileira autorizada pela Zero Waste International Alliance.

Embasado pelas diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos, foi desenvolvido um diagnóstico e planejamento para que o Ilha de Toque Toque seja capaz de trabalhar de modo correto o ciclo de vida dos seus resíduos até o descarte final.

Conheça algumas das boas práticas que já implementamos:

* Zeramos o uso de produtos descartáveis, incluindo canudos plásticos;

* Substituímos os sachês de ketchup, mostarda e maionese por potinhos de cerâmica;

* Temos uma composteira: todos os resíduos orgânicos gerados no hotel vão para lá e produzem o adubo usado na nossa horta;

* Adicionamos uma lixeira exclusiva para o descarte de lixo orgânico em cada uma de nossas suítes;

* Eliminamos as lixeiras da nossa recepção, do nosso escritório e da nossa loja. Agora, temos uma subestação na frente;

* Não temos mais garrafas pet no frigobar das suítes. Colocamos um filtro em cada apartamento para oferecer água gratuitamente aos nossos hóspedes.

* Não usamos mais saquinhos em nenhuma das lixeiras do hotel;

* Criamos a “Estação Lixo Zero”, onde serão recebidos todos os resíduos do hotel para serem separados. Com isso, conseguiremos agregar valor a esse lixo, de modo que ele possa ser vendido.

Nosso quadro de colaboradores é o coração do nosso hotel. Logo, sem a compreensão e o comprometimento deles, nada disso seria possível. Então, para agradecer o engajamento e empenho de todos nessa mudança de comportamento da nova política operacional do Ilha de Toque Toque, a renda das vendas da “Estação Lixo Zero” será revertida para um fundo que beneficiará nossos funcionários.

Ao nos tornarmos o 1º Hotel Lixo Zero do Brasil, esperamos inspirar nossos clientes quanto à responsabilidade que cada um de nós tem pelos resíduos que produzimos. A Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Ilha de Toque Toque pensou em cada ação, com o intuito de diminuir a quantidade de material utilizado e aumentar a consciência ambiental de todos.

Venha se hospedar conosco e seja parte dessa mudança!

 

4 dicas de como encontrar hotéis diferentes para se hospedar

Quando você vai viajar, um dos itens que mais merecem a sua atenção é a hospedagem. Afinal de contas, hoje em dia, o setor de hospitalidade oferece diversas opções, que variam bastante nos quesitos preço, localização, serviços oferecidos, entre outros. Além do mais, sempre existe a expectativa de se hospedar em um lugar que te surpreenda positivamente de alguma forma. Então, que tal saber como encontrar hotéis diferentes para enriquecer a experiência da sua próxima viagem?

Garantimos que decidir por um hotel autêntico te proporcionará vivências incríveis. Inclusive, pode ser que você mal queira sair de lá para passear, acredite! Essa é a sensação que esse tipo de hotel busca despertar em seus hóspedes.

Leia as 4 dicas abaixo para achar hotéis diferentes quando você estiver planejando sua próxima viagem.

1. Use o Google Maps para escolher a localização

Antes de mais nada, você precisa definir em que tipo de lugar quer ficar. Se você quer agito, procure onde estão as principais baladas e bares da cidade. Para quem quer sossego em meio a natureza, vale buscar por praias tranquilas ou por hotéis localizados nas montanhas. Fazendo isso, você conseguirá explorar melhor tudo o que o destino tem para te oferecer.

2. Busque informações com os locais

Procure conversar com quem mora ou já morou na cidade que você pretende visitar. Eles serão capazes de te dar várias dicas valiosas sobre a vizinhança. Essas são as melhores pessoas para te contar as atrações mais originais do local. Estamos falando daquelas que nem o Google mostra, sabe? Um restaurante secreto, uma trilha para a cachoeira, uma praia deserta, etc.

Apesar de serem atuais ou antigos moradores, eles também possuem conhecimento acerca dos hotéis da região. Mas, se você não conhece ninguém no destino que pretende visitar, isso não é um problema. Use as redes sociais a seu favor. Os grupos do Facebook, por exemplo, são ótimas formas de fazer novos amigos e pedir recomendações.

3. Leia blogs

Mais um ponto positivo em viver na era da internet: os blogs. Muitos viajantes escrevem posts a respeito de suas experiências. É bastante comum que a hospedagem seja o primeiro item a ser avaliado em um blog. Aproveite para ler esses artigos, pois eles te ajudarão a encontrar um hotel diferente para passer seus dias de férias.

4. Procure por um Boutique Hotel

Um Boutique Hotel poderá te oferecer uma experiência muito mais autêntica do que hotéis que fazem parte de grandes redes. Como um Boutique Hotel tem uma quantidade menor de hóspedes, seus funcionários têm tempo para prover serviços personalizados à cada cliente.

Por definição, os hotéis boutique não possuem mais do que 100 apartamentos. Ou seja, você terá muito menos barulho e nenhuma bagunça ao seu redor. Pelo fato desse tipo de hotel não precisa seguir nenhum guia de marca corporativo da matriz, você encontrará muito mais originalidade na decoração e no projeto arquitetônico.

Ilha de Toque Toque é um Boutique Hotel & SPA que proporciona uma experiência única aos seus hóspedes no Litoral Norte de São Paulo. Com apenas 14 suítes e localização entre a montanha e o mar, esse é o retiro perfeito para casais que buscam vivenciar o luxo de pés descalços. Reserve agora mesmo sua estadia com o menor preço!

Quem são os proprietários dos hotéis boutique mais inovadores do mundo? Veja aqui!

O setor hoteleiro vem passando por mudanças e os players do mercado estão cada vez mais se inspirando no conceito dos hotéis boutique como forma de atrair clientes. Esse tipo de hotel tem como foco oferecer aos hóspedes exclusividade aliada a privacidade, com design arquitetônico e gastronomia requintada.

Hoje em dia, os consumidores demandam uma experiência que seja agradável aos olhos, unindo uma estética atraente e qualidade nos serviços prestados. A revolução que toma conta do mercado hospitaleiro faz com que até mesmo as maiores redes de hotéis busquem replicar a vivência que os proprietários dos hotéis boutique entregam aos seus clientes.

Conheça, abaixo, quem são os hoteleiros que estão ressignificando esse tipo de hospedagem atualmente, de acordo com a Revista Forbes.

Kit e Tim Kemp

Eles são cofundadores dos Firmdale Hotels, que possuem várias unidades em Londres e Nova York, além do Rossferry no Caribe. Considerados os pioneiros dos hotéis boutique de luxo, são inovadores e seguem remodelando a indústria da hospitalidade ao reinventarem constantemente a experiência vivida pelos hóspedes em seus hotéis.

Kit and Tim são conhecidos por revitalizar áreas em mau estado de conservação, transformando galpões e estacionamentos em renomados hotéis de luxo. Eles também investiram em novas construções, como os prédios do Soho Hotel e do Ham Yard Hotel em Londres, bem como o do Crosby Street Hotel e do The Whitby Hotel em Nova York.

Ian Schrager

A revista Travel + Leisure afirma que Ian Schrager foi o responsável por trazer o design para o ramo de viagens, reinventando o ambiente de um hotel como um local de importância e alcance cultural.

Ele começou com o famoso Studio 54 em Nova York, entre os anos 70 e 80. Depois, em conjunto com Philippe Stark, lançou o termo Hotel Boutique. Hoje, seu nova iorquino Public Hotel é considerado o retrato do refinamento e da sofisticação, mas sem fugir de uma certa simplicidade. O objetivo é aliar estilo e serviço a um preço acessível.

Girish Jhunjhnuwala

Fugindo um pouco do eixo Londres-Nova York, esse hoteleiro indiano é o fundador do Grupo Ovolo, com sede em Hong Kong, onde tem 4 unidades, somando mais seis em território australiano. Seus micro-hotéis possuem ambiente familiar e design único para cada hospedagem. O foco desses hotéis boutique está unir tecnologia e serviços all-inclusive.

Segundo o empresário, a missão de cada um dos hotéis Ovolo, em operação desde 2010, é ver seus hóspedes felizes, todos os dias. O Ovolo Woolloomooloo foi votado pelos seus clientes como número 1 no ranking do TripAdvisor’s Travellers’ Choice Awards 2019 para Austrália.

Os hotéis boutique são a alternativa perfeita para quem busca experiências únicas e globais, revelando sempre novas tendências para surpreender os viajantes mais exigentes. Nada melhor do que optar por esse tipo de hospedagem para fugir da rotina, criando momentos inesquecíveis em suas viagens.

Por isso, para você continuar sua leitura sobre o assunto, temos outro post que aponta hotéis os melhores hotéis românticos do mundo. Leia e confira!

Arquiteto turco planeja um Hotel Boutique na beira do penhasco

Um Hotel Boutique é aquele que foge de qualquer padrão hoteleiro, oferecendo aos seus clientes luxo, exclusividade, inovação e privacidade. Todos esses conceitos devem transparecer em sua arquitetura e serviços, como gastronomia, hospitalidade e tranquilidade, entre outros fatores.

O projeto do Hotel Boutique desenvolvido pelo arquiteto de interiores Hayri Atak propõe uma construção inovadora e bastante peculiar no penhasco Preikestolen. Localizado na Noruega, trata-se de uma falésia com 604 metros de desnível, erguida em cima do Fiorde de Lyse.

Muito visitado por turistas de todo o mundo, o topo da falésia, que fica na cidade de Forsand, forma um quadrado com 25 metros em cada uma de suas laterais, defronte ao platô Kjerag.

Saiba mais sobre Hayri Atak

O arquiteto de interiores de apenas 30 anos tem formação na Turquia e nos Estados Unidos. Hayri já recebeu diversos prêmios em competições de design enquanto era apenas um estudante de arquitetura e também na sua carreira profissional. As premiações concedidas englobam reconhecimentos individuais e em equipe.

Desde quando era um Estagiário até hoje, Atak já trabalhou com um amplo escopo de projetos de interiores e Arquitetura, incluindo design de hoteis, design de cafés e restaurantes, design de lojas conceito, design de villas, design de casas e design de fachadas.

Além disso, ele também se interessa por desenvolver e produzir mobílias. Recentemente, ele trabalhou em designs paramétricos, técnicas de protótipos, moldagem e manufatura em série de produtos e fachadas. Por fim, sua experiência também inclui arquitetura robótica.

Hayri Atak ministra palestras e organiza vários workshops em diversas Universidades diferentes. Em 2017, ele abriu o Hayri Atak Architectural Design Studio in 2017. O objetivo principal do seu estúdio (e o sonho do próprio Hayri) é criar uma marca de arquitetura permanente que atue como um guia desse mercado.

Conheça mais detalhes do projeto desse Boutique Hotel inovador

A ideia de Atak é construir várias varandas para esse hotel na lateral da encosta norueguesa, de modo a oferecer aos hóspedes uma vista panorâmica da paisagem magnífica do país escandinavo. O conceito por trás do projeto é criar uma experiência única dentro do mercado hoteleiro.

No topo, os clientes contarão com uma ampla plataforma na entrada do prédio. Os três andares abaixo serão utilizados para as acomodações dos hóspedes. O ultimo andar, por sua vez, será palco de uma piscina estreita e comprida, que se estenderá pelo Lysefjord.

Com certeza, nadar nessa piscina será uma vivência exclusiva de quem tiver a oportunidade de visitar esse Hotel Boutique. Afinal, não é em qualquer lugar que você encontrará uma caixa de vidro retangular, cheia de água, suspensa no alto de um penhasco, não é mesmo?

Por se tratar de um projeto que ainda não saiu do papel, não existem detalhes acerca das ideias a respeito dos serviços a serem oferecidos nesse Boutique Hotel norueguês. O que podemos ter certeza é que, caso realmente venha a ser construído, ele será bastante inovador.

Mas, afinal, você sabe tudo o que um hotel precisa ter para ser considerado um Boutique Hotel? Leia este post e descubra: Luxo pé na areia: os diferenciais de um Hotel Boutique

5 ideias de presentes para quem gosta de viajar

Existem várias datas comemorativas para você presentear o seu amor, como o aniversário de nascimento, de namoro, de casamento, Natal, entre outros. Mas, muitas vezes, falta criatividade e fica difícil pensar no que comprar. Por isso, neste post, vamos dar dicas de presentes para quem gosta de viajar.

Afinal de contas, quem curte conhecer novos lugares sempre tem um novo acessório que deixa a viagem mais prática, divertida ou confortável. Confira nossas ideias!

1. Câmera de ação

Esse é o presente perfeito para os amantes de esportes radicais, seja no mar, na piscina, na montanha ou na pista. Com ele, nenhum momento da viagem fica de fora. Esse tipo de câmera é pequena, leve e super fácil de carregar para todo lugar.

A marca mais conhecida é a GoPro, mas existem outras no mercado com valores mais acessíveis, como a Bright Sport Cam, Navcity NG-100B, GoCam Action Pro Sport 4k, Sunfire Action e SJCAM SJ4000 WiFi.

Se couber no seu orçamento, vale pensar em incrementar o presente com alguns acessórios, como o pau de selfie, caixa estanque (para tirar fotos dentro da água), uma bateria extra, suporte de cabeça, etc. Tem muita coisa bacana para acompanhar a câmera de ação!

2. Capa para passaporte

O passaporte é a coisa mais importante que um viajante leva consigo em suas viagens internacionais. Por isso, ele deve ser cuidado com carinho. A capa para passaporte tem a função de proteção, além de dar um estilo todo especial para esse documento.

Algumas capas são super funcionais, pois fazer o papel da carteira também, onde a pessoa pode guardar seus cartões, dinheiro, passagem aérea, entre outras coisas.

3. Casaco impermeável

Se a pessoa que você vai presentear é do tipo mochileiro, viaja para acampar ou faz trilhas e passeios na chuva e no frio, tenha certeza que um casaco impermeável será um tiro certeiro para dar um presente útil.

Ele não só protege da umidade e da neve, como também é uma barreira incrível contra o vento. Essa peça é um dos itens mais importantes da mala de um viajante.

4. Mala

Independentemente do destino da viagem, do clima do local, do tempo de duração, tem uma coisa que não pode faltar: a mala. Você pode escolher um mochilão, daqueles bem confortáveis, com suporte para lombar, ou uma mala com medidas “carry on”, ou seja, que podem ser levadas como bagagem de mão no avião. Tem até modelo inflável!

Também vale pensar nas malas grandes, para viagens longas em que a franquia do bilhete aéreo permite 32kgs de limite de peso.

5. Roupas com proteção solar

Se o casaco impermeável é importante, as roupas com proteção solar também são! Hoje em dia, existem diversas marcas com proteção UV50+, com peças super estilosas para serem usadas na praia, na corrida, na trilha ou em qualquer situação.

Vale lembrar que se proteger do sol é um assunto muito sério, pois evita o câncer de pele. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, esse tipo de câncer representa 33% dos diagnósticos da doença no Brasil.

Agora que você já tem ótimas ideias de presentes para quem ama viajar, que tal começar a planejar o próximo getaway com o seu par? Leia este post e Conheça os melhores hotéis românticos do mundo

As 5 fases do relacionamento: por que um amor verdadeiro deve passar da 3ª?

Todo mundo busca um amor verdadeiro. Apesar disso, o número de divórcios só cresce, sem que possamos entender a razão. Pensamos que escolhemos a pessoa errada, vivemos o luto do fim e depois voltamos a procurar alguém para dividir a vida.

O que você ainda não sabe é que a 3ª fase de um relacionamento não é o fim, e sim o começo para encontrar um amor real e duradouro. Entenda:

1. Vocês se apaixonam

Nosso DNA foi programado para nos apaixonarmos. Afinal, precisamos continuar a reprodução da nossa espécie. Quando a gente se apaixona, nosso cérebro é inundado de hormônios como a dopamina, ocitocina, serotonina e estrogênio, todos conhecidos como “hormônios da felicidade”. Por isso, sentimos níveis elevados de alegria e animação.

Além do mais, ao nos apaixonarmos, projetamos nossas esperanças em quem despertou esse sentimento dentro da gente. Imaginamos que a pessoa amada fará nossos sonhos se tornarem realidade. Achamos que esse alguém poderá sarar feridas de relacionamentos antigos. Esse é o estágio do amor em que juramos que seremos eternamente apaixonados.

2. Vocês se tornam um casal

Nessa fase, o amor se intensifica e vocês se tornam um casal. A maioria das pessoas resolve formar uma família e ter filhos, aprofundando o elo entre os dois. Esse é um estágio de união e contentamento.

Durante esse estágio, aquela sensação de paixão extrema já diminuiu um pouco, pois o sentimento predominante é a ligação que vocês têm um com o outro. A vida sexual pode não ser mais como no início, mas você sente proteção, benquerer, segurança e proximidade.

Normalmente, pensamos que essa é a etapa final do amor e esperamos vivê-la para o resto da vida. Mas, a verdade é que, frequentemente, estamos cegos para a reviravolta que a terceira fase traz.

3. Vocês se desiludem

Essa é a etapa que representa o começo do fim para a grande maioria dos relacionamentos. Você tende a se irritar com questões pequenas, já não se sente tão amado e cuidado. A sensação é de estar preso e querer escapar.

Ficamos mais irritados, nervosos, feridos e isolados. Nos perguntamos onde foi parar aquela pessoa pela qual nos apaixonamos. Queremos, a todo custo, recuperar o amor que sentíamos, mas não sabemos como. Então, uma das duas partes (ou as duas) querem terminar a relação.

Dizem que quando você está atravessando uma fase muito ruim, o melhor é não parar e seguir em frente até isso terminar. Essa é uma verdade nessa fase. O lado positivo do estágio 3 é que ele destrói muitas das ilusões que temos a respeito de nós mesmos e de quem está ao nosso lado, abrindo nossos olhos para a realidade.

Essa é a hora de matar qualquer projeção de um par perfeito que você tenha feito um dia, para então passar para a próxima fase. Aqui, temos a oportunidade de nos tornarmos mais amáveis, de valorizarmos mais quem escolhemos para dividir a nossa vida.

4. Vocês criam um amor real e duradouro

Uma das grandes maravilhas de confrontar a infelicidade que aparece no estágio anterior, é que vocês terão a oportunidade de chegar às razões do que causa dor e conflito. Todos temos feridas que precisam ser curadas.

É bastante comum traumas da nossa infância influenciarem nossa saúde física, emocional e nossos relacionamentos amorosos. Então, o casal deve ajudar um ao outro a encontrar a cura. Assim, o amor e a felicidade do início começam a fazer parte da rotina novamente.

Quanto mais você trabalhar a aceitação e compreensão de quem está ao seu lado, mais fácil ficará aprender a amar ao outro e, principalmente, a si mesmo.

5. Vocês usam essa união para mudar o mundo

Em meio ao mundo violento em que vivemos, cheio de conflitos, precisamos parar e pensar: se não conseguirmos encontrar a paz nem mesmo entre duas pessoas que se amam, que chance temos de criar um planeta tranquilo para todos?

Se você e seu par conseguiram superar as diferenças e encontrar um amor verdadeiro e duradouro, talvez vocês possam trabalhar para replicar isso fora do relacionamento. Todo casal tem o poder de dois, seja para a causa que acharem valer a pena lutar.

O que importa é usar essa energia e sabedoria para melhorar a forma de se viver na sua rua, no seu bairro, na sua cidade, estado, país e no mundo todo!

Continue a sua leitura com esse post sobre Como manter o amor no relacionamento?