Ecoturismo: será que esse tipo de turismo realmente beneficia a natureza?

Todos os anos, muitas pessoas escolhem praticar ecoturismo em diversos destinos que oferecem paisagens únicas e uma biodiversidade riquíssima, como é o caso da Floresta Amazônica, da Grande Barreira de Corais na Austrália, entre outros tantos lugares no Brasil e no mundo.

Inclusive, um estudo feito pelo Banco Mundial apontou que a natureza e o ecoturismo estão entre os 5 principais motivos que os turistas levam em consideração na hora de escolher onde passar as férias.

Sabemos que o turismo predatório acaba destruindo a natureza de lugares maravilhosos, deixando espécies em pergio de extinção. Por outro lado, o turismo sustentável tem um papel muito importante na proteção de ecossistemas preciosos.

Neste blog post, vamos contar de que maneiras o ecoturismo é capaz de ajudar a natureza. Confira!

O ecoturismo engaja a comunidade local

Atualmente, o ecoturismo é responsável por cerca de 22 milhões de empregos em todo o mundo, contribuindo com mais de 120 milhões de dólares no PIB global.

O impacto econômico do ecoturismo muitas vezes tem o poder de mudar a postura da comunidade local em relação à conservação do meio ambiente.

Vale lembrar que o conceito de sustentabilidade não envolve somente o cuidado com a natureza. Um dos seus pilares principais é dar atenção e criar ações que atendam às demandas da população local.

O ecoturismo cria formas sustentáveis de viver

O ecoturismo consegue mudar a mentalidade das pessoas, para que elas entendam a importância de preservarmos o meio ambiente. Isso acontece a partir do momento que os indivíduos das comunidades locais passam a ter alternativas de subsistência mais sustentáveis.

A geração de empregos como guias de turismo, cozinheiros, jardineiros, recepcionistas, entre outros, permite que os moradores locais tenham uma fonte alternativa de rendimentos. Dentro desse cenário, as pessoas abandonam atividades destrutivas à natureza, como a agricultura de corte, caça ilegal, queima de árvores, entre outras.

O ecoturismo desperta a consciência ambiental dos turistas

O ecoturismo não só tem a capacidade de mudar a mentalidade e o comportamento da comunidade local, mas também tem o potencial de aumentar a consciência ambiental dos turistas.

Afinal de contas, uma viagem para o meio da natureza vem junto com inúmeras oportunidades de aprendizado a respeito do meio ambiente. E o melhor de tudo: na prática!

Quando os turistas vivem uma conexão real com a natureza durante uma viagem, é muito provável que eles passem a valorizar mais o biossistema. Isso faz com que essas pessoas fiquem mais motivadas a protegerem o planeta.

Um passeio para ver baleias, por exemplo, pode aumentar o conhecimento dos turistas em relação aos mamíferos aquáticos, levando-os a estarem mais atentos à importância em proteger as baleias de caçadores.

O ecoturismo incentiva a criação de Políticas de Conservação Ambiental

O ecoturismo também é uma ferramenta eficiente para incentivar governos e organizações a instituírem políticas ambientais e medidas de conservação. Isso pode ser feito por meio da criação de parques nacionais, reservas naturais ou pela delimitação de outras áreas protegidas.

O objetivo é sempre a preservação da biodiversidade. Como consequência, a atratividade do destino aumenta perante os turistas.

Quer saber mais sobre a importância do ecoturismo? Continue sua leitura com esse blog post sobre Turismo Sustentável: como práticas sustentáveis aumentam a competitividade dos negócios.

Ecoturismo: visite a Praia de Calhetas em São Sebastião

O litoral norte de São Paulo é formado por praias realmente paradisíacas. Uma delas é a praia de Calhetas em São Sebastião, destino perfeito para passar o dia em contato com a natureza. O melhor de tudo é que, além do mar, você ainda pode tomar um banho de cachoeira no caminho.

A praia de Calhetas não deixa nada a desejar para visuais incríveis de praias caribenhas: a água varia entre tons de azul turquesa e verde, areia branquinha e encostas de pedras onde você pode ver lindos peixes, tartarugas marinhas e muito mais.

Leia este post e saiba mais sobre essa praia incrível, mas que muitas vezes passa despercebida pelos turistas que frequentam o litoral norte de SP. Vamos lá!

Onde fica exatamente a praia de Calhetas?

A praia de Calhetas fica dentro de uma propriedade particular chamada Sítio Calhetas, porém o acesso é livre para a entrada a pé. Só entram de carro os proprietários das casas e seus visitantes.

Ela está localizada entre as praias de Toque Toque Grande e Toque Toque Pequeno. Os carros dos turistas costumam ficar estacionados no km 144 da rodovia Rio-Santos, mas lembre-se que parar no acostamento é uma infração de trânsito gravíssima e a Polícia Rodoviária Federal faz rondas constantes por ali.

Para não arriscar, o melhor é parar o carro na praia de Toque Toque Grande e caminhar por cerca de 20 minutos.

Como chegar na praia de Calhetas?

O Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel fica bem pertinho da entrada do Sítio Calhetas. São apenas 150 metros de caminhada até passar pela portaria do condomínio. Feito isso, você vai andar por mais uns 15 minutinhos até chegar à praia de Calhetas.

Aproveite o caminho, pois ele é um verdadeiro convite à prática do Ecoturismo. O contato com a natureza é realmente incrível. Você andará em meio a um percurso super arborizado, com árvores nativas da Mata Atlântica, espécies frutíferas e uma diversidade maravilhosa da flora.

O que fazer na praia de Calhetas em São Sebastião?

A praia de Calhetas é uma península, o que faz seu visual ser ainda mais lindo. Ela é uma praia dividida em duas partes. O lado direito tem mais ondas, porém a areia é mais clara e macia. O lado esquerdo tem o mar mais calmo, só que com mais pedras e uma faixa de areia menor.

Essa península é como se fosse uma semi-ilha toda gramada e cheia de coqueiros, formando o cenário ideal para você passar o dia literalmente com sombra e água fresca.

A escadinha natural te levará até o Mirante de Calhetas. Prepare a câmera fotográfica, pois a vista do mirante é de tirar o fôlego. Vale ressaltar que na praia de Calhetas o sol se põe no mar. Já deu para imaginar o espetáculo da natureza, não é mesmo?

Outro ponto de parada obrigatório na praia de Calhetas é a cachoeira. Depois de passar pela portaria do Sítio Calhetas, mais ou menos no meio do caminho, à direita, faça uma trilha curta (100 metros mais ou menos) e visite uma cachoeira com cerca de 40 metros de altura.

Agora você já sabe como chegar e o que fazer na praia de Calhetas, um verdadeiro oásis escondido no litoral norte de SP. A ideia do turismo ecológico é aproveitar sua viagem para estar mais próximo de belezas naturais que você não pode usufruir no seu dia a dia.

Faça trilhas na floresta, observe os pássaros nativos, ande descalço na areia, mergulhe para conhecer a vida marinha local. Não faltam opções de passeios no litoral norte de São Paulo. Só não esqueça que a consciência ambiental é responsabilidade de todos nós.

Seja um turista eco-friendly. Hospede-se no Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel e viva uma experiência romântica com design consciente.

Saiba mais sobre a Culinária Caiçara do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel

A hotelaria e a alimentação são tópicos totalmente conectados. Afinal de contas, a maior parte dos turistas ao viajar busca uma conexão com a cultura do local. A experiência nas refeições é fundamental para que isso aconteça. No caso do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel, o foco é a culinária caiçara.

Uma das chaves para o sucesso de um empreendimento hoteleiro é jamais subestimar a relevância da cozinha em seu plano de negócio.

Neste post, vamos falar sobre como nossa memória resgata memórias do paladar e de que forma o Ilha de Toque Toque investe na excelência dos serviços de Alimentos & Bebidas. Confira!

Como funciona a memória do paladar e do olfato?

Já existem vários estudos no campo da neurociência que mostram a capacidade do nosso cérebro de resgatar lembranças ligadas ao olfato e paladar. Esses são os dois sentidos do corpo humano que fazem parte da nossa memória de longo prazo, processada no hipotálamo.

Outros sentidos, como o tato, a visão e a audição, são processados pelo tálamo, não tão competente quando falamos em recuperar lembranças e vivências.

Inclusive, um desses estudos acerca do assunto, realizado pela Rockfeller University de Nova York, indicou que somos capazes de recordar 35% dos aromas e sabores que sentimos. Por outro lado, lembramos somente de 5% das imagens e apenas 2% dos sons.

Esses dados comprovam que é muito mais provável os turistas associarem suas viagens às memórias de paladar e olfativas do que a de cartões postais da cidade.

Portanto, um hotel que leva sua culinária a sério tem muito mais chances de fidelizar seus hóspedes, ampliando a satisfação de seus clientes e, consequentemente, sua taxa de ocupação.

Como investimos na qualidade da culinária caiçara do Ilha de Toque Toque?

Chef Elis

Renata Pavão, sócia-fundadora do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel, atualmente reside em Portugal e estuda nutrição com foco em alimentação saudável. Ela é a conselheira responsável por orientar os rumos da cozinha do hotel.

Atualmente, para contribuir com os avanços da culinária caiçara do Ilha de Toque Toque, a futura nutricionista decidiu investir na formação dos colaboradores do setor.

Todos os profissionais da cozinha, incluindo nossos Chefs Nil (José Nilton, incumbido do café da manhã) e Elis (Elisângela Oliveira, do restaurante), estão passando por uma capacitação com foco na excelência da gastronomia.

Somos um Hotel Eco-Friendly só para casais, com apenas 14 suítes românticas que proporcionam muita privacidade

Chef Nil

e exclusividade aos nossos hóspedes. Por isso, nosso restaurante atende apenas quem está hospedado no Ilha de Toque Toque.

A cozinha caiçara é a nossa inspiração. Nosso restaurante tem um ambiente intimista, com vista para a Baía de Toque Toque e design sustentável, rústico e elegante. Tudo isso em cima de um charmoso deque e com muita natureza ao redor.

Nosso cardápio conta com opções de peixes, frutos do mar e carnes, além dos pratos triviais. Tudo é preparado com ingredientes regionais. Esse toque especial transforma cada prato em uma incrível experiência de sabores caiçaras. Para beber, temos várias opções de sucos, vinhos, caipirinhas e coquetéis.

Quer saber mais sobre a culinária do nosso restaurante? Confira nossos cardápios.

Quem está por trás do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel?

A história de sucesso do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel já tem 14 anos. Tudo começou em 2006, quando o casal de sócios-fundadores Edson Pavão e Renata Pavão decidiram tirar seu sonho do papel.

Eles saíram em busca de uma área onde pudessem implantar uma pousada. E não foi fácil! Foram muitas viagens e tanta procura, que eles quase pensaram em desistir.

Mas no dia que encontraram um pequeno sítio encrustado na serrinha entre Maresias e Ilha de Toque Toque Grande, na cidade de São Sebastião, litoral norte do estado de São Paulo, sentiram que ali o projeto poderia virar realidade.

Continue sua leitura e saiba mais sobre a trajetória dos sócios-fundadores do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel.

Sócio-fundador: Edson Costamilan Pavão

Em sua carreira de executivo na área jurídica, o empreendedor Edson Pavão passou anos na ponte aérea São Paulo/Houston (EUA), como o primeiro advogado brasileiro do que viria a se tornar gigantesco departamento Jurídico da Enron International.

Depois, foi para a AOL (America On Line) - uma das empresas do grupo Time Warner, o segundo maior e mais respeitado conglomerado de comunicação do mundo. Lá, foi Diretor Jurídico e de Assuntos Governamentais, além de ter cuidado da área de Novos Negócios por dois anos.

Quando o desejo de voltar a empreender começou a falar mais alto, Edson Pavão colocou seus planos em prática e, assim, surgiu o Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel. Algum tempo depois abriu seu escritório de advocacia, e em 2018 com sua esposa, assumiu e reabriu o Porto Grande Hotel & Convention.

Atualmente, Pavão vive em Portugal e dá dicas práticas sobre empreendedorismo sustentável em seu site, no Instagram e Facebook.

Sócia-fundadora: Renata Pavão

O histórico profissional da sócia-fundadora Renata Pavão tem uma raiz importante em sua vocação para empreender. Por uma década, ela foi proprietária de uma bem-sucedida corretora de seguros.

Quando seu marido, Edson Pavão, propôs que abrissem um hotel, o instinto empreendedor de Renata percebeu que os dois poderiam trilhar uma trajetória de muito sucesso. Então, decidiu seguir em frente com a ideia. E deu certo!

Ficou à frente dos setores de A&B e Governança até 2017, quando se tornou diretora geral. No ano seguinte, inaugurou com Edson Pavão, o Porto Grande Hotel & Convention, também na cidade de São Sebastião.

Hoje em dia, além de ser Conselheira dos dois hotéis, Renata Pavão está cursando Nutrição e é criadora de conteúdo sobre alimentação saudável e estilo de vida leve, que veicula em seu Instagram e Facebook.

Todos esses aprendizados e vivências foram fundamentais para o Ilha de Toque Toque ser um modelo de negócio extremamente bem-sucedido. A prova disso são todos os prêmios nacionais e internacionais que o hotel já ganhou, incluindo a certificação do ano como Hotel Lixo Zero.

O design consciente e arquitetura sustentável das nossas instalações preservam e respeitam o meio ambiente. Tudo isso no melhor estilo rústico e elegante, em total harmonia com a natureza.

As 14 suítes românticas do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel proporcionam uma experiência única no Litoral Norte de São Paulo. Todos os quartos possuem SPA privativo, com ofurô ou piscina. As suítes Privé, Master e Exclusive são equipadas com sauna.

No momento, o casal de sócios-fundadores do Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel reside em Portugal, onde administram seus negócios remotamente. Edson Pavão, além de empreendedor, presta serviços de consultoria de imigração para o país lusitano. Saiba mais em Pavão Advocacia, no seu Instagram e Facebook.

Quer saber por que o Ilha de Toque Toque é um hotel só para casais? Leia esse blog post sobre o assunto!

Saiba como fazer uma massagem relaxante e surpreenda seu amor

Saber como fazer massagem relaxante no seu amor pode mudar o relacionamento, principalmente quando as coisas entre vocês acabaram caindo na rotina. Afinal de contas, uma massagem romântica proporciona um momento especial entre o casal.

Se você pensa que precisa de muita habilidade para fazer uma massagem inesquecível no seu par, está muito enganado. Bastam alguns conhecimentos básicos sobre o assunto e, é claro, a vontade de experimentar.

Portanto, se você quer melhorar o seu relacionamento amoroso fazendo uso do toque, confira as nossas sugestões para fazer uma massagem relaxante incrível!

Prepare o ambiente

O sucesso da sua massagem tem início no ambiente onde ela acontecerá. Por isso, empenhe-se para escolher o local perfeito. Para criar uma atmosfera romântica, aposte em uma boa música e cuide da iluminação para que seja aconchegante (meia luz ou luz de velas, por exemplo).

Também vale a pena investir em incensos com aromas relaxantes e pétalas de flores ao redor. Que tal um espumante, algumas frutas e um bom chocolate para satisfazer o paladar depois da massagem?

O fundamental é que você use toda a sua imaginação ao preparar o ambiente. E não se esqueça de que a temperatura do local deve ser confortável, pois isso ajudará seu amor a relaxar.

Escolha um óleo perfumado

O óleo é um item essencial para qualquer boa massagem, e o seu cheiro deve ser um reflexo da energia que você quer passar no seu toque. Os óleos essenciais mais usados para massagens românticas são:

Óleo de Lavanda

O óleo de lavanda é ótimo para ajudar a acalmar, reduzindo o estresse e a ansiedade. Outra ótima indicação para usar esse óleo em uma massagem relaxante é no combate aos distúrbios do sono, pois a lavanda minimiza a insônia.

Inclusive, já existem estudos comprovando que o óleo essencial de lavanda, por aumentar o nível de relaxamento das pessoas, também auxilia na melhora de sintomas depressivos. Aliás, uma pesquisa feita pela Universidade de Miami (Touch Research Institute), publicada no Jornal Internacional de Neurociências, concluiu que a lavanda aumenta a potência beta, responsável por trazer relaxamento ao corpo e à mente.

A lavanda age equilibrando a alma, trabalhando a harmonia entre as polaridades yin e yang. Ela facilita o combate à dores de cabeça e colabora para a regulação do sistema nervoso.

Óleo de Ylang Ylang

Seu nome científico é Cananga Odorata. Traduzindo do filipino para o português, quer dizer “flor das flores”. Esse óleo tem um aroma adocicado e intenso de flores amarelas.

O óleo de ylang ylang atua fortemente no campo emocional, ajudando no desbloqueio da mente, no resgate da autoestima e amor-próprio, trabalhando sentimentos que estão travados internamente.

Ele auxilia na harmonização emocional, dissipando tensões, angústias e tristeza. Outra propriedade do óleo de ylang ylang é despertar a busca do potencial criativo das pessoas.

Dica importante: esse é um óleo muito conhecido por ser afrodisíaco. Portanto, quem quiser fazer uma massagem sensual no seu amor, vale a pena usar o ylang ylang.

Óleo de Patchouli

Esse é um óleo que conecta a energia das pessoas com a energia da terra. Por isso, ele traz firmeza e equilibra o estado emocional. Ele tem um cheiro amadeirado e intenso, razão pela qual é bastante utilizado como fixador de aromas.

Uma massagem relaxante com óleo de patchouli atua na quebra de padrões de antigos comportamentos, aumentado o poder de concentração. Ao enraizar e fortalecer a energia vital das pessoas, o patchouli traz as pessoas ao momento presente, sendo muito bom para traçar novos caminhos na vida.

Óleo de jasmim

Podemos definir o cheiro do óleo de jasmim como um aroma adocicado, floral e bastante exótico.

O óleo de jasmim é outro muito conhecido por ser afrodisíaco, apimentando o momento da massagem no seu amor. Além disso, ele também tem restaura a energia das pessoas, trazendo vitalidade e confiança.

O jasmim age tonificando a pele e é muito indicando para peles secas ou sensíveis. E tem mais: as propriedades do jasmim atuam suavizando doenças nervosas, enxaquecas e sintomas de insônia.

Óleo de sândalo

O sândalo é uma madeira super aromática, de cheiro doce e arborizado. Ao escolher esse óleo essencial para fazer uma massagem relaxante no seu amor, você também pode aproveitar o fato do sândalo aumentar a libido para aquecer o momento.

A sensação que o óleo de sândalo traz na pele é maravilhosa, deixando uma aparência saudável, o toque suave e macio.

Esse óleo também atua melhorando o bom humor, reequilibrando as emoções e inspirando um estado mental de calma e tranquilidade. Como o óleo de patchouli, o de sândalo também fortifica a conexão com a terra, auxiliando o restabelecimento da paz interior.

Procure nunca passar o óleo diretamente no corpo da pessoa, para não causar um choque térmico e prejudicar a sensação de relaxamento. O melhor a fazer é colocar um pouco entre as suas mãos, aquecendo o óleo, para depois massagear seu par.

Use técnicas de massagem simples e eficazes

Se você não sabe nada sobre técnicas de massagem, o melhor é seguir a sua intuição em relação aos movimentos, para que sejam naturais, confortáveis e cuidadosos. Pode ter certeza que você proporcionará ótimas sensações.

Para te ajudar a tornar essa massagem relaxante inesquecível, fizemos um passo a passo:

1° passo

Passe o óleo nas suas mãos e, em seguida, espalhe na parte do corpo da pessoa onde você irá massagear nesse momento. Faça movimentos suaves ao espalhar o óleo por alguns minutos, para depois começar a massagem em si. Não ignore essa etapa, pois é um momento importante.

2º passo

Defina por onde sua massagem vai começar. Você pode fazer como achar melhor, mas se quiser uma dica, pode iniciar pelas costas, nádegas e parte posterior das pernas, até os pés. Depois, passe para parte da frente das pernas e suba até finalizar com o rosto e a cabeça. O ideal é que você finalize a massagem em uma área antes de passar para a próxima.

3º passo

Faça movimentos longos e lentos, ajudando os músculos a relaxarem. Permita que esses movimentos fluam de forma natural, evitando fazer qualquer pressão muito intensa em cima dos ossos ou de qualquer órgão, como abdômen e pulmões.

Por que a massagem relaxa a gente?

Horas no trânsito, correria para fazer todas as tarefas do dia a tempo, excesso de carga no trabalho e tantas outras preocupações na vida pessoal e profissional normalmente resultam em dores e tensões musculares.

Nosso corpo tem como instinto se tensionar quando sente que deve se preparar para situações de perigo ou de fuga. Para voltar ao normal, isto é, para relaxar novamente, é preciso tempo ou alguns estímulos específicos.

Portanto, diante do estresse que enfrentamos na nossa rotina diária, nada melhor do que uma massagem relaxante para alcançar o bem-estar que precisamos.

Vejamos quais são as razões pelas quais a massagem realmente relaxa a gente:

Reduz da tensão muscular

Conforme os músculos são manipulados durante uma massagem, cada uma das áreas que estão mais rígidas vão se soltando, diminuindo a tensão muscular. Uma musculatura mais relaxada conta com uma circulação linfática e sanguínea maior, mobilidade melhor e mais amplitude articular.

Massagens aliviam o sistema nervoso, conservando a elasticidade dos tecidos, combatendo a flacidez. Além disso, uma boa massagem também melhora o sistema digestivo e a aparência da pele. Por isso, podemos afirmar que as decorrências das massagens relaxantes realmente melhoram a saúde das pessoas como um todo.

Estimula o cérebro

Nós temos diversos receptores no nosso corpo que respondem aos toques de pressão de uma massagem e à temperatura. Por conta disso, uma massagem relaxante é considerada uma verdadeira ferramenta emissora de estímulos. A partir do momento que o nosso cérebro os reconhece, ele responde com comandos para que a musculatura relaxe.

A temperatura também influencia significativamente o relaxamento durante uma massagem. Quando as mãos passam a esquentar o corpo, os músculos distensionam e o estresse diminui.

Melhora a circulação sanguínea

Quando a musculatura é pressionada corretamente, a circulação do sangue fica melhor. Isso porque o aumento de temperatura dilata os vasos, estimulando as terminações nervosas dos nossos órgãos internos.

Para você ter uma ideia da importância da proporcionar uma temperatura quentinha durante a massagem, o aumento da oxigenação do sangue é de até 15%. Além do mais, uma massagem relaxante também causa impactos positivos em nossas vias respiratórias e nos vasos linfáticos, otimizando a drenagem das impurezas do corpo.

Reduz nódulos

Um dia super estressante no trabalho ou um problemão daqueles na vida pessoal, infelizmente, é a razão perfeita para você sentir seu corpo mais tenso. Consequentemente, começam a aparecer nódulos principalmente na região das costas e dos ombros.

Um nódulo é formado quando as fibras dos músculos se embaraçam, causando uma sensação de dor que pode dissipar para outros lugares do corpo. A pressão da massagem em cima dessas pequenas bolinhas auxilia o relaxamento e a regularização da estrutura fibrosa, desmanchando os nódulos e diminuindo o mal-estar.

Libera ocitocina

A ocitocina é um hormônio importantíssimo para a nossa felicidade, pois libera a sensação de contentamento e tranquilidade, entre outros resultados altamente positivos. Essa substância é produzida pelas glândulas endócrinas em poucas situações e o toque é uma delas.

Portanto, as massagens não trazem apenas relaxamento para a musculatura, mas também o sentimento de total bem-estar e tranquilidade decorrentes da atividade da ocitocina.

Por fim, depois de todas as dicas que demos para você saber como fazer massagem relaxante, temos um último conselho: procure não falar muito. Dessa forma, sua massagem aguçará o sentido que deve ser desperto, que é o do tato.

Agora, se você quer receber uma massagem relaxante com o seu amor ao mesmo tempo, o SPA L'Occitane au Brésil do Ilha de Toque Toque é o lugar perfeito.