Turismo Sustentável: como práticas sustentáveis aumentam a competitividade dos negócios

A gestão focada no turismo sustentável e os fatores ESG já são exigências do mercado

Quando o assunto é sustentabilidade, podemos afirmar que o mundo está mais consciente quanto à importância de uma gestão social e ambientalmente equilibrada. O turismo sustentável é uma questão analisada tanto pelos viajantes como por investidores – e o ESG é prova disso.

A pandemia da Covid-19 trouxe ainda mais holofotes para a relevância da adoção de práticas sustentáveis como estratégia de negócios. Como consequência do isolamento social, as pessoas passaram a dar mais valor para ambientes ao ar livre, para a natureza, para a igualdade social, entre outros fatores que fazem parte do tema sustentabilidade.

Neste post, vamos falar sobre a pesquisa da Booking.com a respeito do comportamento dos viajantes brasileiros em relação às viagens sustentáveis. Também explicaremos o que é o ESG e de que forma ele incentiva a implantação dos princípios de sustentabilidade nos negócios. Confira!

O Turismo Sustentável na visão dos viajantes

Os meses de isolamento social permitiram que as pessoas refletissem sobre as consequências que suas ações geram na natureza. Uma pesquisa realizada pelo Booking.com no final de 2020 mostra que 71% dos viajantes brasileiros querem fazer passeios de um jeito mais sustentável.

Cerca de 8 em cada 10 turistas brasileiros esperam um comportamento proativo do setor de turismo em relação à sustentabilidade. Destinos superlotados serão evitados por 67% dos viajantes locais. Ou seja, será preciso instituir uma nova dinâmica para o fluxo de pessoas nesses lugares, caso queiram continuar recebendo turistas.

O consumo de água e a reciclagem do plástico também passaram a ter uma nova relevância na vida dos viajantes brasileiros durante a pandemia. Quase 6 em cada 10 pessoas afirmaram julgar necessário usar menos água e/ou reciclar o plástico durante suas viagens.

O Turismo Sustentável na visão dos investidores

Já faz alguns anos que o mundo vive uma transição notável na maneira de administrar empresas. Hoje em dia, não existe mais a escolha entre ser rentável ou optar pela construção de um mundo mais sustentável.

O conceito de ESG (Environmental, Social and Governance, ou Ambiental, Social e Governança em português) desde 2005 mobiliza práticas de gestão mais éticas e responsáveis. A popularidade do ESG é consequência dos impactos positivos de ações sustentáveis nos mais diversos setores da economia mundial, incluindo o de turismo.

A transparência na divulgação dos dados relativos ao desempenho social e ambiental das companhias é parte central da análise dos investidores, que não querem colocar seu dinheiro em organizações ligadas ao desmatamento, ao trabalho infantil e à poluição, por exemplo.

A pesquisa da consultoria BCG aponta que empreendimentos que adotaram melhores práticas ambientais, sociais e de governança colheram resultados favoráveis em seus balanços financeiros. Além disso, essas empresas também aumentaram seu valor de mercado ao longo dos anos.

O turismo sustentável aumenta a competitividade dos negócios até mesmo na hora da contratação de colaboradores. Os profissionais, principalmente os mais jovens, querem trabalhar em empresas onde sua função possa contribuir para um mundo melhor.

Aqui no Ilha de Toque Toque Boutique Hotel, a viabilidade econômica anda de mãos dadas com o equilíbrio ambiental. Ao longo dos últimos anos, implantamos diversas mudanças para alcançar a incrível marca de 94% na redução do lixo que produzimos.

Quer saber o que mais fizemos para recebermos a credencial oficial da Zero Waste International Alliance pelo do Instituto Lixo Zero Brasil? Temos um blog post contando tudo!