Não cancele, remarque: os impactos do coronavírus no turismo

Os impactos do coronavírus no turismo no Brasil e no mundo já estão sendo contabilizados. Afinal, esse é um dos setores que mais está sendo afetado por essa pandemia. Isso representa consequências graves na economia global, pois o segmento movimenta quase U$ 9 trilhões anualmente.

E, trazendo essa realidade para as micro e pequenas empresas, o cenário demanda ainda mais atenção, pois a situação financeira delas é mais frágil. Mas, todos nós podemos ajudar a economia brasileira.

Por isso, o Ilha de Toque Toque Boutique Hotel está aderindo à campanha da ABAV (Associação Brasileira de Agências de Viagens): Não cancele, remarque! Se você tem uma viagem marcada, adie e aproveite o destino escolhido quando a crise da Covid-19 estiver sob controle.

Impactos do coronavírus no turismo mundial

Todos os anos, o The World Travel & Tourism Council (WTTC) realiza uma pesquisa em parceria com a Oxford Economics. Os dados apontam que o ramo de turismo é responsável por 10,4% do PIB global. Desde 2014, 1 em cada 5 vagas de emprego no mundo foi criada pelo setor.

A Itália, centro da crise do coronavírus na Europa, já calcula prejuízos por volta de 5 bilhões de euros nas transações comerciais turísticas do país até julho de 2020. A projeção é que entre 8,8% e 13,4% dos negócios do setor de turismo estão correndo o risco de não abrirem mais as portas quando a situação for normalizada. Isso é uma perda de 120 mil vagas de trabalho na nação.

O sudeste da Ásia, altamente dependente dos turistas, também vem amargando bilhões de dólares em prejuízos. A Tailândia estima uma redução de 1,5% do PIB e o Vietnã calcula perdas por volta de 6 bilhões de dólares para o próximo trimestre.

Covid-19 e suas consequências no turismo brasileiro

Segundo informações da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o turismo no Brasil emprega quase 3 milhões de pessoas com carteira assinada. O faturamento anual gira em torno de R$ 750 bilhões, de acordo com o Conselho Mundial de Viagens e Turismo.

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) afirma que as companhias aéreas já identificaram queda de 30% em voos domésticos e 50% nos internacionais. Para a IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos), representante das 290 maiores empresas do setor, a redução de receita será de US$ 29,3 bilhões em 2020. Só a Latam, que conta com um quadro de colaboradores de mais de 42 mil pessoas, reduziu suas operações em 70%.

Campanha: Não Cancele, Remarque!

Sem dúvida, essa é a maior crise do mercado de turismo no Brasil e no mundo e seus efeitos levarão um tempo para serem atenuados. Ou seja, muitos empregos da indústria turística estão em risco.

Sabemos que o futuro ainda é muito incerto, mas nós do Ilha de Toque Toque temos uma postura otimista. Acreditamos que as empresas do setor podem (e vão!) passar por esse momento delicado, para continuarem proporcionando momentos de lazer às pessoas.

Por isso, se você tem uma viagem marcada, evite tomar medidas drásticas de cancelamento. Remarque!

Essa é a melhor forma de fazer a sua parte para que os negócios sobrevivam, mantendo as vagas de trabalho de cada cidadão que depende do salário que ganha para viver.

Contamos com vocês!

__________________________

Nossos hóspedes que têm reservas conosco até o final de abril, por favor, entrem em contato por um de nossos canais de atendimento para remarcação das diárias:

Telefone: (12) 3864-9112 | (12) 3864-9110

Whatsapp: (11) 98415-7074

E-mail: reservas@ilhadetoquetoque.com.br