Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel

OS IMPACTOS DO CORONAVÍRUS NO TURISMO

Os impactos do Coronavírus no turismo no Brasil e no mundo estão sendo contabilizados desde o ano passado.

Afinal, esse é um dos setores que mais está sendo afetado por essa pandemia. Isso representa consequências graves na economia global, pois o segmento movimenta quase U$ 9 trilhões anualmente.

E, trazendo essa realidade para as micro e pequenas empresas, o cenário demanda ainda mais atenção, pois a situação financeira delas é mais frágil.

Para se ter uma ideia, na primeira onda da pandemia o governo municipal decretou o fechamento dos hotéis do nosso município e o Ilha de Toque Toque Eco Boutique Hotel ficou 5 meses de portas fechadas, o que infelizmente impactou nossos clientes que esperavam viver momentos incríveis conosco (Tivemos cerca de 200 reservas afetadas pelo decreto de fechamento), mas principalmente os nossos talentos que tiveram o seu emprego sob risco e temem por isso diariamente por conta dessa situação delicada que a nossa economia esta passando.

Diante deste cenário, ainda no ano de 2020 foi aprovada a lei federal nº 14.046 que permite que os prestadores de serviço ligados ao turismo ofereçam a remarcação do serviço similar ao contratado pelo cliente ou a concessão de um crédito para uso em até 12 meses após o fim do estado de calamidade causado pela pandemia da Covid-19.

Por outro lado, a mesma lei determina o prestador de serviço deverão restituir o valor recebido ao consumidor no prazo de 12 (doze) meses, contado da data de encerramento do estado de calamidade pública, somente na hipótese de ficarem impossibilitados de oferecer uma das duas alternativas acima.

Por todo este cenário, o Ilha de Toque Toque Boutique Eco Hotel & SPA vem de maneira transparente informar a nossa política de alteração de cancelamentos de reservas causadas por situações ligadas a Covid-19, entre elas:

Decretos de fechamentos, de mudança de fases do Plano SP, problemas de saúde comprovados com atestados médicos por parte de clientes ou situações de perdas de familiares ou amigos próximos também devidamente comprovadas.

POLITICA DE REMARCAÇÃO, CRÉDITO DE HOSPEDAGEM E POSSÍVEL REEMBOLSO POR RESERVAS DURANTE O PERÍODO DO ESTADO DE CALAMIDADE DA COVID-19

REMARCAÇÃO DA VIAGEM

Já tem uma nova data em mente para passar momentos memoráveis conosco?

Se sim, não perca tempo! Resolva o seu problema imediatamente com um de nossos recepcionistas sem nenhum tipo de ônus na escolha de um período similar em número de noites e de sazonalidade, de forma simples.

No que diz respeito a sazonalidade, trabalhamos da seguinte maneira:

– Baixa temporada: São os meses de Maio, Junho e Agosto.
– Média temporada: São os meses de Fevereiro à Abril, Julho e Setembro à Novembro.
– Alta temporada: São os meses de dezembro e janeiro.

Lembramos também que dias de semana é permitido reservar apenas uma noite, finais de semana trabalhamos com pacotes de 2 noites e feriados os pacotes são de 3 a 5 noites.

Com a escolha desta modalidade, além do problema ser resolvido prontamente por um recepcionista, você estará sendo um verdadeiro amigo do turismo nacional!

CREDITO DE HOSPEDAGEM

Caso ainda não saiba a nova data que pretende vir passar momentos memoráveis conosco, mas ainda sim quer resolver o seu problema prontamente, a melhor escolha é o crédito de hospedagem.

Esta modalidade também não gera nenhum prejuízo ao cliente, pois disponibilizaremos uma carta de crédito de hospedagem com o valor que foi pago (100% do valor) com validade de utilização de 1 ano a partir da data de entrada da reserva original.

Nossos recepcionistas estão totalmente aptos a atender esta modalidade o que facilita ainda mais a resolução.

Com a escolha desta modalidade além do problema ser resolvido prontamente por um recepcionista você estará sendo um verdadeiro amigo do turismo nacional!

REEMBOLSO DE VALORES

O caso foge totalmente da esfera da recepção do hotel e deverá ser solicitado por e-mail no endereço [email protected] com uma das opções propostas no final deste texto e irá a principio para uma analise gerencial e só após isso é encaminhado ao departamento financeiro do hotel para que este de continuidade na devolução.

É imperioso anotar que a lei federal nº 14.046 não prevê esta modalidade exceto na hipótese de ficarmos impossibilitados de oferecer uma das duas alternativas (Remarcação ou Crédito de hospedagem).

Esta proposta é mera liberalidade do Hotel e uma forma encontrada para dar mais opções e transferência ao processo.

Portanto, pedimos a compreensão para quem escolher esta modalidade pois é a situação mais delicada para ambas as partes, tendo em vista tudo que passamos até aqui.

Agora, caso ainda sim tenha interesse em finalizar a questão em forma de reembolso de valores e de forma imediata temos 3 níveis de propostas, porém com a cobrança de encargos:

1 – Devolução à vista: 40% do valor pago, em até 15 dias pós formalização do pedido.
2 – Devolução em até 3x sem juros: 50% do valor pago, com início em até 30 dias pós formalização do pedido.
3 – Devolução em até 6x sem juros: 60% do valor pago, em até 30 dias pós formalização do pedido.

Open chat